terça-feira, 29 de julho de 2014

Acidente entre carro e caminhão mata soldado do Exército no Sul de Minas
Outro militar da corporação também ficou ferido, porém o estado de saúde dele é estável



Uma pessoa morreu e três ficaram feridas em um acidente envolvendo um carro e um caminhão na manhã desta segunda-feira, na MG-167, entre Cambuquira e Três Corações, no Sul de Minas. Segundo o Corpo de Bombeiros, duas vítimas que estavam no veículo de passeio são soldados da Escola de Sargentos das Armas (EsSA) do Exército, em Três Corações, na mesma região da ocorrência. 

Fabrício Maciel Lemos, de 19 anos, conduzia o Gol vermelho placa GPM - 6891, quando perdeu o controle da direção no km 80 da via, invadiu na contramão e bateu de frente com um caminhão-baú de cor branca. O motorista do veículo de carga relatou que havia neblina no momento da colisão. 

Com o impacto da batida, Fabrício Lemos teve morte instantânea, enquanto o passageiro do carro, Rafael Luis de Souza, de 19, sofreu um corte na perna esquerda e no rosto. O motorista e um ocupante do caminhão tiveram ferimentos leves e foram levados para o Hospital São Sebastião, em Três Corações.

O acidente deixou o trânsito parcialmente interditado para os trabalhos da perícia e socorro às vítimas.





segunda-feira, 28 de julho de 2014

Sind-UTE/MG discute a situação dos servidores efetivados pela Lei Complementar 100/07 com SEPLAG


Na manhã desta segunda-feira, dia 28 de julho, aconteceu a reunião com a Secretária de Planejamento e Gestão (Seplag), Renata Vilhena. Além do Sind-UTE/MG, participaram outras entidades do funcionalismo público estadual.

De acordo com a Seplag, hoje são cerca de 80 mil servidores em atividade atingidos pela Lei Complementar No.  100/07.




Histórico

Desde que a Ação Direta de Inconstitucionalidade que questionou o artigo 7° da Lei Complementar 100/07 foi proposta pelo Ministério Público Federal, o Sind-UTE/MG reivindicou reunião com o governo do Estado para discutir a situação dos servidores atingidos pela Lei. Nenhuma reunião foi agendada antes do julgamento feito pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que aconteceu no dia 26 de março de 2014. Vale lembrar que o Acórdão publicado no dia  1° de julho não trouxe novidades em relação à ata publicada em 1° de abril de 2014.

No dia 3 de abril, a categoria realizou uma manifestação na Assembleia Legislativa de Minas Gerais e conseguiu reunião com o Secretário de Governo, Danilo de Castro, que aconteceu no dia 4 de abril. O Sindicato apresentou vários questionamentos.

Após a reunião com o Governo, a Advocacia Geral do Estado publicou uma primeira Resolução no dia 07/04/14, sem qualquer discussão com o Sindicato.  A ausência de diálogo levou a categoria a deflagrar uma greve por abertura de negociação.  Com isso, foi marcada uma reunião com a Seplag, o que aconteceu no dia 11 de junho. Novamente, as demandas relacionadas aos servidores efetivados foram apresentadas pelo Sind-UTE/MG e foi firmado o compromisso de ocorrer uma discussão específica sobre as demandas, o que aconteceu nesta segunda-feira, dia 28 de julho. 

O Estado entrará com recurso na ADIN 4876

A Secretária Renata Vilhena informou que o Estado apresentará, no dia 5 de agosto, Embargos de Declaração, contra o Acórdão.  Mas, vale lembrar que este tipo de recurso não altera a decisão que declarou inconstitucional a Lei Complementar 100/07. 

Retorno dos questionamentos do Sind-UTE/MG

1) Férias-prêmio: os direitos adquiridos e publicados até 01/04/14 serão respeitados. No entanto, somente o que foi publicado será mantido.  O Sind-UTE/MG questionou o Governo, uma vez que a ausência de publicação ou cancelamento de férias-prêmio ocorreu por vontade da Secretaria de Educação.  A Seplag reafirmou que as férias-prêmio que não foram publicadas, o servidor não terá direito a elas. O Estado não considerará a publicação que ele mesmo já cancelou. Nesta situação, também é o caso da progressão, uma vez que as publicações começaram a ser feitas em julho deste ano.

2) Ajustamento funcional
Os servidores efetivados ficarão vinculados ao Regime Geral de Previdência.  Por isso, o servidor terá mantida a situação do ajustamento até a data em que foi concedida. Não haverá renovação de ajustamento funcional dos servidores efetivados.

3) Servidor que está em tratamento de saúde pelo IPSEMG
Ele tem a faculdade de continuar contribuindo para saúde do IPSEMG e manter o tratamento pelo Instituto mesmo sem vínculo com o Estado.

4) Como ficará a situação dos servidores que tiveram progressão publicada durante a vigência Lei Complementar 100/07?

Será assegurado o mesmo padrão de remuneração adquirida pelo servidor até 01/04/14. Após esta data, nada será concedido.

5) Como ficará a situação dos diretores e vice-diretores efetivados? 

Serão mantidos nos cargos, mas não haverá novas nomeações de efetivados para os mesmos.

6) Extensão de jornada
O que foi concedido até 01/04/14 será mantido até a data final da extensão de jornada, mas, não serão concedidas novas extensões aos servidores efetivadas. 

7) Designação
O Sind-UTE/MG já havia apresentada a reivindicação de abertura de novo período de inscrição para a designação.  De acordo com a Seplag, haverá novo período de inscrições em         que os efetivados poderão se inscrever. Não haverá vinculação automática.

O  Sind-UTE/MG solicitou ainda que o tempo de serviço seja considerado para a designação de 2015, o que houve concordância do governo.

8) Concurso público
·         Para os cargos com concurso público vigente com candidatos aprovados: 
As nomeações serão feitas a partir do início de setembro, seguindo a ordem de classificação do concurso. A Seplag admitiu que ainda faltam mais de 5.000 cargos divulgados no edital para nomeação. As nomeações serão feitas considerando os cargos vagos de acordo com levantamento que está em andamento. A previsão de término deste levantamento é final de agosto. Mas, as nomeações terão a seguinte organização: primeiro - as vagas remanescentes do edital (mais de 5.000); em seguida ocorrerão as nomeações para os cargos atualmente ocupados pelos servidores efetivados. Ou seja, todos os cargos ocupados por efetivados, cujos cargos tenham concurso em vigor, serão ocupados por concursados mesmo que fora do número das vagas do edital. Com essa dinâmica, o governo está criando uma situação discrepante onde os melhores classificados no concurso não terão o direito de escolha considerando todos os cargos vagos existentes. Ainda, a Seplag reafirmou que o atual concurso deve ser prorrogado.
·         Para os cargos onde não há concurso público:
Haverá a publicação de novos editais de concurso em novembro de 2014. A Seplag assumiu o compromisso de discutir os editais com os sindicatos. O Sind-UTE/MG reivindicou que o tempo de serviço da Lei Complementar 100/07 seja considerando nesse novo concurso. A Seplag concordou, ressalvando que considerará, no limite do que permite a legislação, ou seja, como título e não como regra de eliminação. 

9) Aposentadoria
Quem implementar ou implementou os requisitos para aposentadoria após 01/04/14, será aposentado pelo Regime Geral de Previdência. Os afastamentos superiores a 15 dias e pensões adquiridos após esta data, também são responsabilidade do INSS.

De acordo com a Seplag, o governo de Minas fez o pagamento da contribuição dos meses de abril, maio e junho dos servidores efetivados ao INSS. Ainda, de acordo com a Seplag todo o tempo de serviço/contribuição para o Regime Geral de Previdência será certificado.

De acordo com o Decreto 3.048/99, o tempo anterior à ADI 4876 contará para efeitos de carência no INSS. A Seplag informou que o Governo ajuizou Ação Civil Pública contra o INSS em função das negativas de atendimento. A Seplag está contando com o deferimento de uma liminar para garantir os direitos aos servidores. Se a liminar não for concedida, os problemas permanecerão e as pessoas ficarão sem salário. Da mesma forma, os acidentes de trabalho dos servidores efetivados passam a ser de responsabilidade do INSS.

As situações de direito de pensão e afastamento preliminar a aposentadoria adquiridos após 01/04/14 em que os servidores não têm tido o acesso ao seu direito devem ser encaminhadas ao Sind-UTE/MG para questionamento ao governo. 

Problemas 
·         A Seplag não conseguiu responder a situação dos servidores efetivados que possuem dois  cargos ou já possuem uma aposentadoria no Regime Geral de Previdência.
·         O INSS não admite acúmulo de aposentadorias. Isso afeta muitos servidores, uma vez que a acumulação de dois cargos é uma característica comum da nossa profissão no funcionalismo público estadual. 
·         A Seplag também afastou qualquer possibilidade de indenização aos servidores pelos prejuízos causados pela Lei Complementar 100. Também afirmou que a terceirização dos serviços de limpeza e alimentação na escola é uma possibilidade.  O Sind-UTE/MG se posicionou contra a terceirização para o cargo de (ASB).
·         O Sind-UTE/MG também questionou os empréstimos consignados adquiridos pelos servidores efetivados. A Seplag não soube responder e ficou de analisar.
·         Sobre a reivindicação de mudança de lotação/remoção e completar o cargo apresentado pelo Sindicato na reunião com a Seplag, no dia 11 de junho, de acordo com o governo há um posicionamento contrário da Advocacia Geraldo do Estado. O Sind-UTE/MG solicitou cópia do parecer porque a entidade mantém a reivindicação e acha que ela é muito importante para corrigir as injustiças praticadas.
·         A Seplag não soube responder como ficará a situação dos servidores que adquirirem doenças no exercício da profissão, uma vez que não conseguirão ser nomeados em futuro concurso e não serão considerados aptos pela perícia quando da designação.

O Sind-UTE/MG já convocou Conselho Geral da entidade para analisar todas essas questões. Será no dia 2 de agosto de 2014, em Belo Horizonte.



Fonte: Sind - UTE Caxambu e Região
"Transformar a Educação no Município"
Encontro com o Educador Português José Francisco de Almeida Pacheco





Com o intuito de transformar a Educação no município de Caxambu - Minas gerais, buscando uma escola que inclua nossas crianças em um contexto social excludente, receberemos em nossa cidade, no mês de agosto, o Educador Português José Francisco de Almeida Pacheco, especialista em Leitura e Escrita, Mestre em Ciências da Educação pela Faculdade de Psicologia da Educação da Universidade do Porto, Idealizador e coordenador da Escola da Ponte em Portugal, instituição que se notabilizou pelo projeto educativo baseado na autonomia dos estudantes. Está desde Abril de 2011 a colaborar diretamente no Projeto Âncora, uma ONG em Cotia, São Paulo do Brasil, que segue o mesmo modelo de ensino.
É autor de livros e de diversos artigos sobre educação.




Compartilhado por:

Pimentel faz críticas ao governo de Minas na gestão do turismo
Pimentel afirmou que o único circuito turístico lembrado pelo governo do estado é a Estrada Real, muito explorada, segundo ele, como peça de marketing, mas abandonada pela atual gestão


O candidato a governador pelo PT, Fernando Pimentel (PT), criticou nesse domingo, em Caxambu, Sul de Minas, a gestão do turismo no estado nos últimos 12 anos. Seu principal adversário, Pimenta da Veiga (PSDB), que apresenta nesta segunda-feira a equipe encarregada de detalhar seu plano de governo e os canais para que o cidadão contribua com sugestões e apresente demandas, não teve agenda pública.


Pimentel afirmou que o único circuito turístico lembrado pelo governo do estado é a Estrada Real, muito explorada, segundo ele, como peça de marketing, mas abandonada pela atual gestão. “Temos aqui dois circuitos representados nesta plenária, o Circuito das Águas e o Circuito das Terras Altas da Mantiqueira, que têm potencial enorme e poderiam estar gerando renda e emprego para a população. Mas o único de 


que o governo do estado fala é o da Estrada Real, que nem mesmo foi ele que criou”, afirmou o candidato, que passou o fim de semana no Sul de Minas fazendo campanha. Para Pimentel, o governo do PSDB pegou carona no circuito turístico da rota colonial, criado por Itamar Franco, para fazer propaganda. Entretanto, afirma, deixou as cidades desamparadas na gestão do turismo. “Se você for ao circuito da Estrada Real não vai ver os resultados”, garantiu.

O presidente do PT de Minas, deputado federal Odair Cunha, também criticou a política do estado para o setor turístico. “Criou-se uma ideia de que o estado investe em turismo, mas não é verdade. Investiram muito na marca da Estrada Real, mas não houve prioridade para os municípios receberem contrapartida social”, afirmou.


Plano de governo


Depois do domingo de descanso, Pimenta da Veiga apresenta  nesta segunda-feira, no comitê central da campanha, em Belo Horizonte, a equipe que vai compor seu plano de governo e detalha como serão formatadas as propostas e colhidas as contribuições dos eleitores. “Estamos recolhendo sugestões durante a campanha, nas ruas e nos encontros com as lideranças. Estamos ouvindo os mineiros desde já e é isso que vamos fazer no governo, com uma gestão participativa, como fiz na Prefeitura de Belo Horizonte”, afirmou Pimenta da Veiga, por meio de sua assessoria de comunicação. De acordo com o candidato, a descentralização administrativa será um dos pontos básicos do plano, com o objetivo de “levar o governo para mais perto do cidadão".
Coordenado por Paulo Paiva, ex-ministro do Trabalho do governo Fernando Henrique Cardoso e professor da Fundação Dom Cabral, o plano de governo está sendo elaborado a partir das diretrizes básicas entregues ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) juntamente com o pedido de registro da candidatura. 

Depois do evento no comitê central, Pimenta Viaja para Ponte Nova, na Zona da Mata, acompanhado dos candidatos a vice-governador, Dinis Pinheiro (PP), e a senador, o ex-governador Antonio Anastasia (PSDB). Ao longo da semana, ele vai visitar cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte e do interior do estado, além de ter encontros com lideranças e fazer gravações para os programas eleitorais gratuitos no rádio e na TV, que começam em 19 de agosto.

VASSOURA 


O TRE mineiro tem investido na prevenção de propagandas que causem poluição visual por meio da campanha Sujeira não é legal, divulgada amplamente pelas redes sociais. Desde 2010, o órgão prega entre os candidatos e os eleitores a campanha limpa, usando mensagens na televisão, rádio e outros veículos de comunicação. O símbolo usado pelo TRE é uma vassoura, dando a ideia de que é preciso varrer a sujeira das campanhas. Uma das orientações passadas aos candidatos é fazer peças de divulgação com material reciclável, imprimindo nos santinhos um aviso para que quem os receba não jogue o folheto nas vias públicas.

Alessandra Mello


domingo, 27 de julho de 2014

Ciclista morre atropelado na BR-267 próximo a Caxambu, MG

Motorista fugiu do local sem prestar socorro e não foi encontrado.
Vítima morreu no local; ele tinha 35 anos e era de Soledade de Minas.

Ilustração
Um ciclista morreu atropelado na noite deste sábado (26) na BR-267, entre Caxambu (MG) eCampanha (MG). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a vítima de 35 anos morreu no local. O motorista que o atropelou fugiu sem prestar socorro à vítima e não foi encontrado.
Ainda segundo a polícia, havia uma grande marca de derrapagem de pneus próximo de onde o corpo foi encontrado, o que indica que o veículo possa ser um caminhão ou uma carreta. O ciclista era natural de Soledade de Minas (MG).

Fonte: G1 Sul de Minas
PM localiza motocicleta furtada

Na tarde deste sábado, a Polícia Militar localizou na Avenida Evaristo Sá Guedes, Centro, a motocicleta Yamaha YBR, de cor azul e placa GWY-9684 furtada em data anterior.

A PM recebeu denúncia anônima informando que um homem havia estacionado o veículo sujo de lama, com uma das setas dianteiras quebradas e o retrovisor danificado dentro de um condomínio e após fechar o portão de acesso tomou rumo ignorado.

Ao averiguar a denúncia os militares encontraram a motocicleta e constataram que havia queixa de furto e roubo da motocicleta.

O veículo foi removido para o pátio credenciado do DETRAN e o proprietário informado da sua localização.

Fonte: Portal 17 Reg PMMG
"Não sou escrava do meu corpo", diz Karen Junqueira

A convite do Inverno QUEM, Karen viajou para o Valle Nevado Ski Resort, no Chile, e celebrou a volta ao horário nobre da TV Globo, na novela das 9, Império. A atriz também conta que não tem paranoias com a boa forma: “Gosto de ser livre e comer tudo o que quiser”

Karen Junqueira (Foto: Deco Rodrigues /  Revista QUEM)
“Sempre quis conhecer o Chile. E, agora que consegui, realmente achei tudo incrível”, dizKaren Junqueira, de 31 anos, sobre sua viagem ao Valle Nevado Ski Resort, no Chile, coração da Cordilheira dos Andes. A atriz aproveitou uma folga nas gravações da nova novela das 9, Império, para curtir dias de descanso ao lado do namorado, o empresário Rodrigo Medina, a convite do projeto Inverno QUEM. Ela ainda aprimorou suas técnicas no esqui. “Eu já tinha esquiado uma vez, e foi muito legal. Mas esta segunda vez foi bem melhor”, compara, graças à ajuda que teve de um instrutor nas pistas.
Karen também se divertiu no Pub Tres Puntas, point das noites do complexo turístico, e soltou a voz no karaokê, cantando Ivete Sangalo e outros.
VOLTA À TV GLOBO
Depois de cinco anos atuando em produções da TV Record, a atriz está de volta à Globo, onde começou sua carreira, no folhetim Malhação, em 2006. Ao lado de Cauã Reymond, ela protagonizou cenas picantes na pele verde pela manhã. Agora tem a moda dos alimentos sem glúten, e eu aderi. Também tento ficar sem lactose, mas sou mineira e amo queijo... Sou ‘queijólatra’”, brinca ela, que afirma não ficar sem doces.
“Aqui em Valle Nevado fui a maior cara de pau: amo chocolate, então tomei chocolate quente, comi doce de leite... Me dou o direito de comer as coisas de que gosto. Por isso, talvez, eu não tenha um corpo ultraescultural. Gosto de ser livre e comer o que eu quiser. Não sou escrava do meu corpo, nem da minha imagem. Tento apenas ser saudável”, pondera.
Avessa à academia de ginástica e à musculação, a atriz conta que usa bicicleta para se exercitar. Ela já chegou a pedalar até o topo do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. “Não acreditei quando consegui”, lembra.
Karen Junqueira (Foto: Deco Rodrigues /  Revista QUEM)
MEIO VAIDOSA
A vaidade também não é o foco de Karen. Adepta de um estilo mais básico e natural, ela conta que o namorado às vezes cobra um pouco mais de atenção dela na hora de se maquiar. “Sou aquela meio vaidosa, sabe? As pessoas brincam que vou ‘emperuar’ quando ficar mais velha, porque hoje sou bem básica. Não uso muitas cores, não passo sombra escura... Mas adoro ter uma boa pele. O Rodrigo cobra um pouco mais de make, mas só passo uma base, corretivo, blush e um batom cor de boca. Não peso a mão”, explica.
CRISE DOS 30 ANOS
“A minha dermatologista me diz que depois dos 30 é preciso cuidar mais da pele, nem que seja para passar diariamente um hidratante ou uma fórmula anti-
idade”, conta ela, que nega ter tido a famosa crise dos 30 anos. “Sou supertranquila. Não tenho esse tipo de cobrança mesmo.”
Quando o assunto é cirurgia plástica, ela diz que faria sim, caso sentisse necessidade. “Faria e assumiria. Sou da opinião de que as pessoas precisam ser felizes, com plástica ou não. Essa é uma questão pessoal. Mas considero importante ter equilíbrio nas coisas. Existem meninas que mexem no corpo e no rosto ainda muito jovens... Na minha opinião, tem de haver a necessidade da intervenção”, pondera.
Karen Junqueira e Rodrigo Medina (Foto: Deco Rodrigues /  Revista QUEM)
CASAMENTO E FILHOS
Namorando Rodrigo Medina há dez meses, Karen diz estar com o coração pleno e completamente preenchido. Atencioso, o empresário faz questão de acompanhá-la nas viagens, apesar da agenda corrida. “Sempre que pode, ele viaja comigo e adora. O Ro é superparceiro e companheiro”, derrete-se.
Casamento e filhos ainda não estão nos planos deles. “Agora tenho de focar no meu trabalho. Temos uma vida inteira ainda pela frente. Casar exige toda uma preparação. E, por enquanto, não tenho aquele relógio biológico gritando”, completa.
Karen Junqueira e Rodrigo Medina (Foto: Deco Rodrigues /  Revista QUEM)
Karen Junqueira (Foto: Deco Rodrigues /  Revista QUEM)
Karen Junqueira (Foto: Deco Rodrigues /  Revista QUEM)






OR THYAGO FURTADO; FOTOS: DECO RODRIGUES / EDITORA GLOBO
Fonte: Revista QUEM
http://revistaquem.globo.com/Inverno-QUEM-2014/noticia/2014/07/nao-sou-escrava-do-meu-corpo-diz-karen-junqueira.html
Pimentel reúne lideranças regionais em Caxambu

Acontece neste momento a reunião plenária convocada pelo candidato a Governador de Minas pelo PT, Fernando Pimentel e o vice Antônio Andrade - um  encontro com lideranças regionais realizado no salão de reuniões do Palace Hotel de Caxambu 













FV

sábado, 26 de julho de 2014

Ocorrências Policiais - Caxambu

PM procura motocicleta furtada

Nesta sexta feira, a Polícia Militar registrou uma ocorrência onde uma empresária de 24 anos teve a motocicleta Yamaha YBR 125K, de cor azul e placa GWY-9684-Caxambu, furtada.

Segundo a empresária, na noite do dia 24 seu esposo saiu na motocicleta juntamente com um outro cidadão e quando passavam pela Avenida Antônio Ferreira da Silva, bairro VilaVerde, o veículo apresentou problemas mecânicos e foi deixada encostada na via e que quando ele voltou para apanhá-la, mais encontrou o veículo.

A PM realizou rastreamento e passou os dados para as cidades vizinhas mas até o momento a motocicleta não foi localizada.


Fonte: Portal 17 Reg. PMMG
Juiz de Direito expede Portaria para a Festa de Agosto

O Juiz de Direito da Vara Criminal e Infância e Juventude da Comarca de São Lourenço, Dr. Fábio Garcia Macedo Filho, expediu Portaria que disciplina o ingresso e a permanência de crianças e adolescentes na Ilha Antônio Dutra, por ocasião da Festa de Agosto de 2014, que acontecerá do dia 1º ao dia 10. O teor é praticamente o mesmo das dos anos anteriores, tendo como escopo a proteção integral da criança e do adolescente, bem como enfatizando a proibição da venda e do fornecimento de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.

Na íntegra, os dois principais artigos da Portaria nº 006/2014: .Art.1°. Os adolescentes com idade igual ou superior a 16 anos (relativamente incapazes ? CC, art.4º, I), desde que portando documento de identidade e autorização escrita de qualquer dos pais, poderão ingressar e permanecer, sozinhos, no período noturno (entre 20h00 e 06h00), no recinto denominado ILHA ANTÔNIO DUTRA, local onde estará acontecendo a tradicional FESTA DE AGOSTO; .Art.2°. As crianças (menores de 12 anos de idade) e os adolescentes menores de 16 anos de idade, absolutamente incapazes ? CC, art.3º, I, somente poderão ingressar e permanecer no interior da ILHA ANTÔNIO DUTRA, durante a FESTA DE AGOSTO, no período noturno (entre 20h00 e 06h00), se estiverem acompanhados de qualquer dos pais ou responsável e desde que todos estejam devidamente documentados.

O controle e a fiscalização quanto à entrada e à permanência de crianças e adolescentes no recinto da festa será de inteira responsabilidade da comissão organizadora do evento, impondo-lhe respeito e observância estrita à Portaria, sob as penas da lei. E os policiais Civis e Militares, bem como os membros do Comissariado Voluntário da Infância e da Juventude exercerão, na forma da lei, fiscalização e policiamento sobre o efetivo cumprimento da Portaria por parte da comissão organizadora do evento e dos estabelecimentos comerciais localizados em pontos fixos e ambulantes.

Fonte: Prefeitura de São Lourenço
Mostra de Orquídeas de Caxambu



Começa neste sábado a Mostra de Orquídeas de Caxambu.
Esperamos a presença de todos.


sexta-feira, 25 de julho de 2014

Memória da Cidade

 PHARMACIA ANTIGA
Por José Celestino Teixeira



 Na Farmácia do Sr. Ney Pinto. ao longo dos anos o Caxambuense sempre encontrou atendimento personalizado 

Texto e fotos:
.