Palace Hotel - Caxambu

sábado, 29 de julho de 2017

Esclarecimento da Secretaria Municipal de Saúde à comunidade

Esclarecimento da Secretaria Municipal de Saúde à comunidade


Diante dos constantes questionamentos relativos à falta de medicamentos na Farmácia Básica da Secretaria Municipal de Saúde de Caxambu e preocupados em atender as necessidades básicas de saúde dos cidadãos caxambuenses ponderamos abaixo os fatos pontuais que tem ocasionado tais problemas:

FORMAS DE FORNECIMENTO DE MEDICAMENTOS POR PARTE DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

       A – Medicamentos considerados de custo elevado fornecidos pelo Estado através de processo acolhido na Farmácia Básica do município e preenchido pelo médico solicitante;

       B – Medicamentos administrados e encaminhados pelo Estado pagos pelas 03(três) esferas governamentais (tripartite): federal, estadual e municipal;

       C – Medicamentos de responsabilidade do município (Farmácia Básica) e

       D – Medicamentos e suplementos fornecidos através de avaliação por parte da Assistência Social, de acordo com Lei Municipal que regula tais ajudas.


AS DIFICULDADES MAIORES TÊM SIDO COM RELAÇÃO AOS MEDICAMENTOS ADMINISTRADOS E ENCAMINHADOS PELO ESTADO E AOS DE CUSTO ELEVADO, TAMBÉM DE RESPONSABILIDADE DO ESTADO.

RAZÕES

      De acordo com Lei que regulamenta este procedimento, a União e o Município depositam os valores das suas contrapartidas para o Estado e o Estado, juntamente com a sua contribuição, distribui os medicamentos para os municípios.

      Porém, desde o ano de 2016 os laboratórios têm-se negado a entregar grande parte dos medicamentos devido ao fato do Estado não estar honrando os pagamentos de sua responsabilidade.

      RESUMINDO: o Município e a União têm depositado o valor que lhes compete e o Estado, não, dificultando o atendimento eficaz por parte da Farmácia Básica.

PROVIDÊNCIAS POR PARTE DA PREFEITURA E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

           Mesmo assim, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, neste período de janeiro até julho/17, comprou medicamentos/fitas para medição de glicose/glicosímetro/suplementos alimentares, sendo muitos delesde responsabilidade do Estado, num total de R$ 320.161,88.


Mais informações, relatórios, documentos - Acesse:

Prefeitura Municipal de Caxambu