Palace Hotel - Caxambu

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Hotel Caxambu - Cinco lições do hotel mais antigo do Brasil para a hotelaria

Cinco lições do hotel mais antigo do Brasil para a hotelaria
Fundado em 1886, o hotel Caxambu, na cidade de Caxambu, em Minas Gerais, é o hotel mais antigo em operação no Brasil. Com mais de 130 anos, este "patrimônio" da hotelaria nacional mostra que tem muito o que ensinar depois de ter seus valores e estratégias testados ano após ano.

O que nunca muda em seu atendimento? Como tem incorporado tecnologias para atender a hóspedes de lazer e viajando a negócios? Como trabalha seu diferencial?



Diretor do empreendimento, Amaro Gadbem conta um pouco de como o Hotel Caxambu tem feito para se manter e crescer nos últimos anos e como aprimorou o atendimento ao corporativo - ainda que a cidade não seja um grande destino de viagens a negócios. Para ele, aliar a essência da hospitalidade a equipamentos hoteleiros modernizados, foco na atualização de serviços, atuação conjunta com entidades locais e sobretudo ouvir o hóspede foram indispensáveis nesses anos do hotel.

OUVINDO O CLIENTE
Estar constantemente se atualizando em relação às tendências do mercado e ouvir o que os clientes têm a dizer é um dos segredos de um hotel para se manter em operação tanto tempo. Gadbem frisa que é fundamental procurar oferecer novos produtos e serviços que estejam alinhados não só com o desejo dos clientes, mas também com o posicionamento do destino.

INVESTIMENTO
Uma administração atenta à demanda futura pode ser os alicerces para um hotel durar mais de um século. "Estamos sempre procurando oferecer inovações, de forma que as reformas são contínuas. Foi construído um prédio que dobrou a capacidade do hotel em 1986, a recepção foi deslocada para melhorar conforto e acessibilidade, o restaurante foi ampliado, construímos um salão de eventos, os quartos deram lugar a suítes e foi feita uma área de lazer externa", conta o diretor sobre o maior investimento já feito pelo hotel.

ASSOCIAÇÃO
Para o Hotel Caxambu, associativismo e trabalho em conjunto são importantes para colocar um hotel em sintonia com o destino (sua localização). Nos últimos anos, a administração do hotel se associou ao Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Caxambu (Sigah Caxambu) e ao Convention & Visitors Bureau da região.

O hotel também trabalha com projetos regionais que colaboram para seus serviços - no caso, ele associou-se à iniciativa privada em um projeto envolvendo empresários de seis cidades do Circuito das Águas para melhor integração entre os municípios. O Circuito das Águas Paulista é o destino turístico de estâncias hidrominerais da região.

CONSULTORIA
Reposicionamento da marca através de consultorias personalizadas contribui para a identidade do negócio. No caso do Hotel Caxambu, uma consultoria resultou em uma nova identidade visual, que transmite a tradição de mais de 130 anos hospedagem sem deixar a inovação constante e na busca do atendimento de excelência de lado.

ATENDIMENTO A TODOS
Para o Hotel Caxambu, não existe "meia hospitalidade". Mesmo com a maior parte dos hóspedes sendo viajantes de lazer, o hotel está de atento ao viajante a negócios e às mudanças deste perfil, que relaciona boa qualidade de serviços com praticidade. "Temos uma parcela pequena de viajantes corporativos, que é um excelente mercado e que temos maior interesse em atender. Essa clientela procura boa acomodação, internet grátis e de qualidade, boa localização, café da manhã servido cedo e de qualidade, e, principalmente, bom atendimento."

Fonte:  Panrotas