Palace Hotel - Caxambu

quinta-feira, 16 de junho de 2016

EPTV - CPI conclui que prefeito cometeu crime de improbidade em Caxambu

EPTV: 

CPI conclui que prefeito cometeu crime de improbidade em Caxambu

Motivo seria um acidente com um carro oficial em outubro de 2015.
Prefeito teria usado carro fora do horário de trabalho e sem motorista.

Do G1 Sul de Minas


Uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) da Câmara de Vereadores de Caxambu concluiu nesta semana que o prefeito da cidade, Ojandir Ubirajara Belini (PP), conhecido por Jurandir, cometeu crime de improbidade administrativa. O motivo, segundo o relatório apresentado nesta segunda-feira (13), seria um acidente com o carro oficial da prefeitura em outubro de 2015.
Ainda conforme o relatório realizado pelos cinco vereadores que compõem a comissão, Belini utilizou o veículo fora do horário de trabalho. No processo, também foi questionado o fato do prefeito estar sem motorista e um suposto sumiço do carro após o acidente. O veículo foi levado para um guincho em São Lourenço (MG).
Segundo a câmara, também não foi realizado um boletim de ocorrência. O município teria tido prejuízo com o pagamento do seguro, já que o carro foi comprado por R$ 82 mil e o valor pago pela seguradora foi de pouco mais de R$ 65 mil. O carro teve perda total.
Agora o relatório deve ser encaminhado ao Ministério Público, que pode ou não aceitar a denúncia contra o prefeito. Caso seja aceita, a pena pode ser de ressarcir os cofres públicos, pagar multa equivalente a até três vezes o valor do carro ou perder o cargo e ter os direitos políticos suspensos por oito a 10 anos.
A Prefeitura de Caxambu informou que o prefeito está em viagem e que não haverá pronunciamento sobre o caso até a entrega do comunicado oficial da Câmara de Vereadores.



Fonte: EPTV Sul de Minas