Palace Hotel - Caxambu

sexta-feira, 26 de maio de 2017

HOSPITAIS EM LUTO - Hoje (26/05), Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de MG já estão com uma faixa preta nas entradas dos prédios

HOSPITAIS EM LUTO
Hoje (26/05), Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de MG já estão com uma faixa preta nas entradas dos prédios

O HOSPITAL SÃO LOURENÇO está entre os filantrópicos de Minas Gerais que participam de uma ação coletiva hoje (sexta-feira, 26/05). Em Minas, pelo menos 128 hospitais filantrópicos sofrem com atrasos nos repasses de recursos e com uma dívida do Governo de MG, que já ultrapassa R$ 250 milhões.



Hoje os usuários do Hospital São Lourenço (assim como os de todos os demais filantrópicos mineiros) estão recebendo, na Recepção Principal e na do Pronto Socorro, um panfleto com informações sobre a crise no setor. Mais de 20 hospitais confirmaram participação no movimento e estão à disposição para mostrar as dificuldades que enfrentam para garantir atendimento à população.

A iniciativa é da FEDERASSANTAS, que representa as Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de Minas. A Federação já se mobiliza para entrar na Justiça para que as autoridades cumpram com os pagamentos atrasados e dívidas. Também no dia 26/05, a presidente da FEDERASSANTAS, Kátia Rocha, estará à disposição da imprensa para dar esclarecimentos sobre as ações do setor para reverter esse quadro, que já coloca as entidades de saúde em alerta, como Conselhos Regionais de Medicina, de Enfermagem e de Farmácia.

Sem recursos, vários hospitais deram início à suspensão de importantes serviços à população e ao corte de leitos para pacientes do SUS. Agora, as internações só são feitas quando há condições mínimas necessárias para se garantir o atendimento aos pacientes.



VOCÊ SABIA?
Em 2016, esses hospitais garantiram mais de 800 mil internações; mais de 320 mil cirurgias e quase 1 milhão e meio de tratamentos contra o câncer. Além disso, 57% dos partos, pelo SUS, foram realizados pelos filantrópicos.



FILANTRÓPICOS UNIDOS NA LUTA PELA VIDA!

Marcos Querino