Palace Hotel - Caxambu

domingo, 10 de julho de 2016

Do G1 Sul de Minas - Paixão por Guns N' Roses vira data comemorativa em Caxambu, MG

Do G1 Sul de Minas
Paixão por Guns N' Roses vira data comemorativa em Caxambu, MG
Festival reúne fãs da banda desde 2004 com shows cover e homenagens.
Câmara aprovou lei que institui o 'Dia Gunner' no calendário municipal.



Em Caxambu, no Sul de Minas Gerais, a paixão pelo Guns N’ Roses é lei. Um festival de rock reúne desde 2004 fãs da banda, mas este ano, a “tietagem” ganhou importância municipal. A Câmara de Vereadores da cidade aprovou um projeto de lei que institui 11 de julho como o “Dia Gunner”, colocando a data no calendário oficial do município.

Tudo começou com uma reunião de amigos. “Um dos nossos amigos morava fora do Brasil, voltou com um monte de novidades da banda, que na época não aparecia muito na mídia, antes dessa propagação toda da internet. Então esse amigo trouxe, a gente se reuniu na casa dele pra fazer a primeira edição em 2004 e aí de lá pra cá a gente foi repetindo ano a ano, o ciclo de amigos foi se ampliando, atingindo a cidade, depois a região”, conta Marcos Loesche, um dos organizadores do evento.



O festival
Intitulado Gunner Convention, o festival reúne bandas cheias de estilo, com muito rock, personalidade e claro, Guns N’ Roses. A maioria das bandas fazem cover do grupo americano. O dia 11 de julho ficou consagrado como a data de realização das 12 edições anteriores do festival.

O festival foi crescendo e, há dois anos, ganhou as ruas da cidade com entrada gratuita para todos os moradores e turistas. Na internet, a popularidade do evento cruzou a fronteira do país e chegou ao próprio Guns N’ Roses, que este ano, divulgou o evento na rede social do grupo. Nada mais justo que ganhar o “carimbo” oficial do município.




A lei
No dia 25 de abril foi aprovada por unanimidade pela Câmara de Vereadores o “Dia Gunner” em Caxambu. A lei 2289/2016 incluiu a data no calendário do município como atrativo turístico, e ainda, pela exclusividade do dia comemorativo.

A justificativa do projeto, divulgada no site da Câmara com a aprovação da lei, destacou a característica inusitada da lei. “O Dia Gunner [...] transforma Caxambu numa referência única, já que no mundo todo este é o único festival no modelo, além de resgatar a tradição caxambuense de festivais musicais principalmente do gênero rock n roll”, justificou o autor do projeto e presidente da Casa, Fábio Curi (PR).

“Agora o rock aqui em Caxambu é lei”, comemora Loesche, organizador do evento. “A câmara nos agraciou com esse dia em nossa homenagem, pra celebrar justamente isso, o turismo, a amizade, o rock n’ roll e o divertimento em família.”






Edição histórica
Como neste ano o dia 11 de julho caiu na segunda-feira, o festival teve início nesta sexta-feira (8). A programação reúne covers do Guns N’ Roses para todos os gostos, almoço tropeiro e até cavalgada. O primeiro dia reuniu na cidade fãs da banda de todos os tipos e lados.

Com apenas 8 anos, Dinho Rose – em que o nome artístico não é mera coincidência – sobe ao palco para incorporar o vocalista Axl Rose em uma das bandas cover do evento. “Quando eu tinha 2 anos, o meu pai colocou um CD no DVD do Guns, quando eles voltaram com a banda. Aí eu peguei o controle da televisão e comecei a imitar ele. E não parei mais”, conta.



E tem gente que saiu de longe para prestigiar o evento. O empresário Alexandre Mendes e a esposa, de Niterói (RJ), sempre marcam presença no festival. Pra eles, a mistura Minas Gerais, frio e rock tem tudo a ver.

“O mineiro tem essa veia de rock também que as pessoas às vezes pensam que não, pensam que é só o sertanejo, a música do interior, mas não é não, aqui é bem forte. Vale a pena pegar de Niterói até aqui pra curtir o rock”, finaliza.

O festival segue até este domingo (10) com a chegada da Cavalgada Gunner. O encerramento será às 15h.

Fonte: G1 Sul de Minas http://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2016/07/paixao-por-guns-n-roses-vira-data-comemorativa-em-caxambu-mg.html