Palace Hotel - Caxambu

quarta-feira, 1 de março de 2017

Carnaval 2017: BALANÇO GERAL! - By José Celestino Teixeira.

Carnaval 2017: BALANÇO GERAL!
by José Celestino Teixeira.

Foto: prefeitura Municipal de Caxambu

Apesar de pequenos incidentes de Palco, muito comuns (embora, indesejáveis), o Balanço que se Faz do Carnaval de 2017, em Caxambu é Muito Positivo.
Primeiro, a Segurança de todos os Foliões.
Nenhum incidente grave, nenhuma morte ou agressão física mais séria.
Pequenas desavenças e brigas foram contidas a tempo.
Tudo às mil maravilhas!
O Parque esteve lotado todos os dias e a música no Balneário foi uma surpresa agradável aos Turistas.
Sucesso no Repertório (Bossa Nova , MPB, além, de variações do Pop Internacional), com destaque ao maestro Fernandinho, Tayna e Victor, em Som Ambiente.
Nas ruas a limpeza.
Muito diferente de anos anteriores, quando o mau cheiro era desagradável.
Sem tumulto, todos puderam se divertir, em especial as crianças.
Por fim acabaram com aquela bobagem absurda de cercar a Praça 16 de Setembro com tapumes, como se no Período Carnavalesco a Praça não fosse mais do Povo.
Ledo engano, uma Santa Ignorância finalmente descartada.
Ao que parece, embora seja o Primeiro Ano da atual Administração Municipal, a cidade parece ter resgatado um Carnaval com características próprias e, que, felizmente teve a participação da iniciativa privada através dos Estabelecimentos Comerciais.
É bem verdade que, o momento econômico em que estamos vivendo não está propício a gastos e, não permite às famílias abusarem do bolso preferindo muitos comprarem a bebida e outros gêneros direto no Supermercado.
Talvez, uma opção momentânea que esperamos todos, uma breve recuperação econômica permitindo voltarmos a frequentar mais assiduamente Bares e Restaurantes.
Fato que não impediu aos comerciantes locais um faturamento melhor e o equilíbrio de suas contas, com a eliminação de concorrência desleal, quase sempre promovida pelo Comércio Ambulante.
A vigilância Sanitária é ponto positivo neste aspecto, inclusive, na nova configuração do modelo.
Por outro lado, no Setor de Hospedagens parece que a Noticia da Febre Amarela em Minas divulgada pela Mídia Nacional assustou alguns turistas de outros estados.
Sem falar no fluxo de cariocas, que com a Crise instalada no Estado do Rio, mormente os Servidores Públicos deixaram em grande parte de acorrerem às Estâncias do Sul de Minas, como sempre fizeram antes.
Voltando ao cenário, em relação aos últimos anos nos parece que a cidade reencontrou o caminho de recuperação do seu Carnaval, ponto alto na economia local
Com o sucesso de Hoje é bem provável que o Amanhã esteja garantido!
Oxalá a Economia melhore no País e, em 2018 possamos ter um Carnaval, ainda, Melhor.
Parabéns aos Organizadores da Festa, a Experiência Valeu!