Palace Hotel - Caxambu

domingo, 26 de março de 2017

RECEITA DE DOMINGO, APESAR DA CARNE QUE É FRACA.

by José Celestino Teixeira.
Primeiro esqueça da carne vermelha.
Do Frango que vai pra China, nem Pensar.
Do Porco lembre da cabeça triturada com ácido ascórbico.
Até com Vitamina "C" a carne é indigesta, a Carne é Fraca!
Friboi, não é, nem nunca foi "Free", só Ilusão.
Já é quase Tempo de Semana Santa que vem chegando mansa cheia de perdão e ressurreição.
Lembre do peixe, nunca esqueça do pescado.
Conheça as águas claras e límpidas do Rio Airuoca (trutas nas cabeceiras), do Baependi, com "mandi" e lambari.
Conheça o Dourado pulando em círculos em volta da canoa vagarosa e ágil no estreito do Jumirim , lá no Rio Verde.
Domingo Dia de Peixe pescado na vara de bambu, sem rede, sem armadilha, na habilidade e no capricho.
Panela de barro capixaba untada de azeite de oliva ( Oliveiras da
Serra da Mantiqueira), tomates caipira, cebola fresca, salsinha, alho de resma, limão capeta, urucum em pó, coentro, açafrão, salsa e cebolinha. Tudo colhido fresquinho no fundo do quintal, se não for no seu, no do vizinho. Uma base de batatas inglesas cortadas em círculos e sobrepostas de cebola roxa, o pescado (tubarana) com cabeça e tudo. A panela no fogo brando tampada. E a reação química é natural. O calor da panela é capaz de conservar por horas o peixe, o cheiro e sabor.
Antes, enquanto a panela atinge a temperatura ideal uma dose generosa (dupla) de Black & White, com quatro pedras de gelo de água mineral natural (Receita do amigo Toninho Pelucio, lá de Baependi, O Rei das Pedras)
Na vitrola, o Jobim (Antonio Carlos Brasileiro Jobim), o Tom cantando seu "Passarim" ao piano, pra nos Livrar de todos os males e tormentos!