Palace Hotel - Caxambu

sexta-feira, 14 de março de 2014


Golpe do ‘test drive’ causa prejuízo a concessionárias no Sul de Minas
Concessionária de São Lourenço foi vítima de golpe


Caminhonete de 120 mil foi levada em Pouso Alegre


Uma série de golpes em revendedoras de veículos já causou prejuízo de cerca de R$ 500 mil no Sul de Minas, de acordo com a Polícia Civil de Pouso Alegre (MG). Os criminosos se apresentam como clientes das lojas, pedem para fazer um ‘test drive’ no veículo e fogem com o carro, ou, quando são acompanhados pelos vendedores, rendem a pessoa e anunciam o assalto. Em poucos dias foram cometidos crimes como este em Lavras (MG), São Lourenço (MG),Cambuí (MG) e Pouso Alegre. Em maio de 2013, concessionárias de Lambari (MG) e Três Corações (MG) também foram alvos do mesmo tipo de golpe. Em todos os casos foram instaurados inquéritos, mas nenhum suspeito foi preso.

No caso mais recente em Pouso Alegre, o golpista pediu para levar uma caminhonete até o mecânico, rendeu o funcionário da loja durante o percurso e fugiu com o veículo. Somente nesta ocasião o prejuízo foi de R$ 120 mil. Segundo o dono do estabelecimento, ninguém desconfiou. “Ele se passou por cliente, agiu de forma muito normal e não imaginamos que se tratava de um golpe”, comentou João Roberto Prado.

Para a Polícia Civil, o homem é suspeito de ter aplicado outros golpes na região e a polícia investiga a origem da quadrilha. Em imagens flagradas pelas câmeras de segurança da loja, o suspeito aparece usando um boné, que seria para dificultar o reconhecimento. Ao chegar, ele olha alguns veículos e conversa com funcionários antes de aplicar o golpe.
“Os criminosos ganham a confiança do vendedor, saem com o carro e não voltam. Esse tipo de golpe tem aumentado e precisamos estar atentos. As imagens mostram que ele passou pelo trevo de Silvianópolis (MG), mas fazemos um apelo para que as pessoas denunciem, mesmo que anonimamente, visto que este homem que aparece no vídeo já foi reconhecido em outro golpe aplicado nesta semana na cidade de Oliveira (MG), na região Centro-Oeste do Estado”, comentou o delegado Renato Gavião
.


Jornal Polêmica