Palace Hotel - Caxambu

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

CONCURSO PÚBLICO - O POVO CLAMA POR RESPOSTAS! - Por José Celestino Teixeira

CONCURSO PÚBLICO - O POVO CLAMA POR RESPOSTAS!
Por José Celestino Teixeira


Foto: Marcio Silva Figueiredo
Depois de todo este Vendaval de Incompetência vai aclarando a idéia de que todo este Circo foi montado com uma só intenção ; GANHAR DINHEIRO!. Percebam que até o presente momento não se tem definido o número exato de quantos candidatos pagaram as inscrições. Inicialmente falou-se em + de 1000, depois em + de 3000 e, agora existem suspeitas de mais de 6.000. Fácil seria levantar o numero de alunos das Escolas Estaduais e Municipais onde ocorreram as provas e conferir o número de acomodações em salas de aula. Fácil porque a Superintendência de Ensino sediada em Caxambu dispõem desse numero de forma correta. Assim vê-se que arrecadou-se muito dinheiro. Agora o que não se sabe é quem ficou com a grana: A Magnus ou o Município? E há um fator complicador porque acostando-se no sigilo bancário, embora os depósitos tenham sido feitos na Caixa Econômica Federal, a empresa promotora do Concurso divulgou que existiram erros no ajuste de contas entre a Instituição Bancária e a Magnus. Chegam a transferir a um Banco Oficial a responsabilidade. Isto é grave. Gravíssimo! O que se sabe no entanto é que até agora a tal Lista de Nomes dos que estariam habilitados ao Concurso ainda não apareceu. Ninguém sabe Quem é Quem. Parece mesmo ter sido armada uma arapuca para pegar pessoas incautas, ainda que inconscientemente só pra faturar uma grana. Em pensar que em momentos de crise financeira todos correm para assegurar uma colocação, um emprego público com todas as garantias e com a propaganda do concurso por toda Minas Gerais e praticamente todo o País, quantas pessoas não acorreram a Caxambu para fazer o Concurso. Tinha tanta gente que não coube nas Escolas definidas. Aí começou o jogo de empurra empurra vc não é aqui é na outra escola, não aqui não é na outra. E no vai e vem muitos candidatos perderam as provas. A Câmara Municipal precisa exigir urgentemente do Prefeito e da Empresa Magnus o Número Exato de Candidatos Inscritos no Concurso que pagaram a taxa de inscrição. Não tendo resposta pode divulgar um Edital de Chamamento convocando os Candidatos inscritos que apresentem os comprovantes de inscrição e aí poder-se-ia levantar o numero Exato. Com certeza Isto não pode ficar Impune alguém tem que pagar. O Povo não pode ser enganado dessa maneira. Estima-se que houve um Faturamento Superior a 100 Mil Reais com o Concurso. Cadê o Dinheiro?


Foto: Ariovaldo Alessandra
OBSERVAÇÃO GRAVE : OUTRA SITUAÇÃO GRAVÍSSIMA É QUE VAZARAM PROVAS E GABARITOS NA PARTE DA MANHÃ , QUANDO O CONCURSO AINDA TINHA UMA ETAPA DE PROVAS NA PARTE DA TARDE. AQUI MESMO NESTE PORTAL FOI DIVULGADA UMA PROVA, INCLUSIVE COM AS QUESTÕES. 
MUITOS CANDIDATOS, INCLUSIVE, NÃO ENTREGARAM O GABARITO FICANDO DE POSSE DELE.
ESTE FATO POR SI SÓ É SUFICIENTE PARA ANULAÇÃO DO CONCURSO, POIS OCORREU "QUEBRA DE SIGILO" , ANTES MESMO QUE A APLICAÇÃO DAS PROVAS HOUVESSE TERMINADO.
JÁ NÃO É MAIS CASO DE SIMPLES AÇÕES INDENIZATÓRIAS, O CASO TRANSFORMOU-SE EM "CASO DE POLÍCIA"!
PELO MENOS EM TESE: FOI CRIME O QUE OCORREU NESTE DOMINGO!