Palace Hotel - Caxambu

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Poesia - PAÍS PARADOXAL - Por Lydio Alberto

PAÍS PARADOXAL

Lydio Alberto



Em nosso país tropical / O anormal é normal /

O Natal é comercial / E estimula o sexto pecado capital.

O amoral torna-se legal / Amparado por lei imoral /

Aprovada pelo Congresso Nacional.

E o Superior Tribunal / Com sua demora letal /

Concede ao ato criminal / O benefício da prescrição legal.

E o Código Penal / Com tanto recurso legal /

Posterga a decisão final / E enriquece a banca criminal.

O chamado ser racional / Provoca o aquecimento global /

E... quanta petulância! Chama o bicho de irracional /

Num monumental erro conceitual.

E assim vamos vivendo, neste país paradoxal /

Vendo a ética ser tragada pelo lamaçal /

Gerando o terremoto da moral / Com epicentro no Planalto Central.

Meu Deus! Estamos mal.


Lydio Alberto