Palace Hotel - Caxambu

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Caxambu busca se tornar uma cidade inteligente

Caxambu busca se tornar uma cidade inteligente

Município recebe representantes da Ericsson para discutir projetos inovadores para otimizar obras e serviços




Obter conhecimento e acesso a projetos inovadores que possam ser aplicados na administração pública para otimizar obras e serviços municipais. Esses foram os principais objetivos de uma reunião entre representantes da empresa Ericsson e do poder público de Caxambu, na semana passada. A ação foi articulada pelo Sebrae Minas, após realização de missão técnica para prefeitos, vice-prefeitos e secretários municipais de Caxambu, São Lourenço e Soledade de Minas à Connected Smart Cities – evento realizado nos dias 21 e 22 de junho, em São Paulo, que reuniu empresas, entidades e governos com o objetivo de debater soluções para cidades mais inteligentes e conectadas.

“O Sebrae Minas é parceiro em ações inovadoras e estruturantes de desenvolvimento econômico do município. A instituição viabilizou a participação da prefeitura de Caxambu no Connected Smart Cities, para aquisição de conhecimento e contatos com empresas de ponta. Essa interação cria oportunidades para o município se transformar em uma cidade inteligente”, afirma o secretário de governo de Caxambu, Amaro Gadbem.

Smart city ou simplesmente cidade inteligente é aquele município que adota tecnologias digitais de informação e comunicação, a fim de melhorar a qualidade e desempenho dos serviços urbanos, reduzindo custos de operação e consumo de recursos. Para que uma cidade seja considerada inteligente, é preciso que haja o uso da tecnologia em diversos setores, como: urbanismo sustentável, mobilidade e acessibilidade, tecnologia e inovação, empreendedorismo, governança, educação, energia, meio ambiente, saúde, segurança e economia.

A partir desse primeiro contato, o Sebrae Minas auxiliará a Prefeitura de Caxambu na construção de um projeto para a aquisição de recursos. “A ideia é que Caxambu se torne a primeira cidade inteligente do Sul de Minas. Vimos no Connected Smart Cities que toda cidade é um negócio e, para obter sucesso, é preciso que uma série de soluções simples sejam implantadas para otimizar tempo e dinheiro de todos”, avalia a analista do Sebrae Minas, Ticiana Tranqueira Malta Lopes.
 Luciana Trindade
Por:

Fonte: ASN