Palace Hotel - Caxambu

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

FESTIVAL MUNDIAL DE CIRCO 2015 CAXAMBU QUARTO DIA


FESTIVAL MUNDIAL DE CIRCO 2015 CAXAMBU
QUARTO DIA


Na programação do dia, espetáculos na Praça 16 de Setembro, na Escadaria da Igreja Santa Isabel e na lona montada em frente ao Ginásio Jorge Curi, exposição e mostra de filme com entrada franca




O final de semana começa com muitas atrações no quarto dia do Festival Mundial de Circo em CaxambuNa Praça 16 de Setembro, às 11h, tem o espetáculo “Porongo Vaudeville”, Brasil/Uruguai, - faz uma releitura dos grandes shows de variedades do começo do século, e, através da dança, da música ao vivo, da mágica, do malabarismo, e do humor, cria um vaudeville urbano, atual e popular; Na Escadaria da Igreja Santa Isabel, às 16h30, tem o espetáculo “Reprise”, do grupo La Mínima, São Paulo/SP - dois palhaços descobrem que foram contratados pela mesma pessoa para apresentarem no mesmo local e no mesmo horário; Na lona montada em frente ao Ginásio Jorge Curi, às 20h, tem a atração internacional “Blast”, doCirco Zanzibar - O espetáculo reúne artistas da Suécia, Itália, França, Brasil, Espanha e Tunísia. Representante do chamado “circo contemporâneo”, o espetáculo reúne virtuosismo e poesia, acrobacias e música, humor e uma dose de frio na barriga!

O público poderá conferir ainda a Mostra de Filmes no Cine Caxambu, às 14h – a programação no cinema seguirá até domingo -, e a Exposição de Fotos “Respeitável Público” no Calçadão – também até domingo.

 O Festival Mundial de Circo está de volta à bela Caxambu, cidade mineira do Circuito das Águas alçada pela terceira veza Cidade Oficial do Circo no Brasil. A programação, que é toda gratuita, é formada por espetáculos, intervenções, oficinas, exposição e cinema.

ATRAÇÕES DO DIA

Espetáculo “Porongo Vaudeville” – The Pambazos Bros
Na Praça 16 de setembro,  “Porongo Vaudeville”, com The Pambazos Bros  -  Uruguai-Brasil (16/10, sexta, às 11h) – Entrada Franca
Porongo Vaudeville faz uma releitura dos grandes shows de variedades do começo do século, e através da dança, da música ao vivo, da mágica, do malabarismo e do humor, cria um vaudeville urbano, atual e popular. Entre cabaret bizarro e musical hollywodiano, este espetáculo toca os grandes temas que sempre tem preocupado o homem: o significado da vida, a morte, o amor, a violência, a amizade, as contas, o medo do desconhecido. São cinquenta minutos de ridículas incongruências baseadas na arte de fazer rir. Classificação: livre - Duração: 50 minutos

Espetáculo “Reprise” – Grupo La Mínima
Na Escadaria da Igreja Santa Isabel, o espetáculo “Reprise”, com Grupo La Mínima / São Paulo – SP (16/10, sexta, às 16h30) – Entrada Franca

Dois palhaços descobrem que foram contratados pela mesma pessoa para apresentarem no mesmo local e no mesmo horário. Depois de infrutíferas tentativas de provar um ao outro as habilidades no picadeiro, decidem realizar o trabalho juntos. Eles descobrem que em dupla os talentos se multiplicam! Para encenar uma metáfora sobre a amizade nos dias de hoje, o grupo utiliza técnicas de reprises clássicas (tradicionais atos de palhaços de circo) como eixo para o roteiro, buscando construir simbolicamente uma interpretação da construção e fortalecimento das relações humanas. Classificação: livre - Duração: 60min.

Espetáculo “Blast” – Circo Zanzibar
Na lona montada em frente ao Ginásio Jorge Curi, o espetáculo “Blast”, com o Circo Zanzibar (15 a 17/10, quinta, sexta e sábado, às 20h, e 18/10, domingo, às 17h).
Lotação: 800 lugares. Serão distribuídas senhas 1 hora antes de cada espetáculo. Sujeito à lotação do espaço.
Grande destaque da programação, o espetáculo traz artistas da Suécia, Itália, França, Brasil, Espanha e Tunísia. Baseado em um sonho original, “Blast” é um concerto de circo que reúne em cena 18 artistas indomáveis e virtuosos vindos de várias partes do mundo. O espetáculo é uma deflagração de circo e música em que as acrobacias ressoam como palavras que querem finalmente dizer alguma coisa. Gestos mudos, gestos chorados que ainda não acharam lugar sobre os nossos lábios.Domesticando a vertigem e o medo com ternura, “Blast” provoca momentos de graça e emoção que preenchem a alma de alegria. Seu desenvolvimento descreve cena após cena, certa ideia de anarquia. A anarquia da poesia e dos sonhos que, às vezes, fica colada nas paredes do coração, na saída de uma apresentação ou no começo de uma historia de amor.Classificação: livre - Duração: 60min. Lona armada em frente ao Ginásio Jorge Curi. Lotação: 800 lugares. Serão distribuídas senhas 1 hora antes de cada espetáculo. Sujeito à lotação do espaço.

Mostra de Filmes
Até 18 de outubro sempre às 14h.
Local: Cine Caxambu.
O Festival Mundial de Circo preparou uma programação especial de filmes em que o CIRCO é o tema central.
Exposição de Fotos “Respeitável Público”
Até 18 de outubro – Uma homenagem ao público de Caxambu, região e visitantes.
Local: Calçadão.


Festival Mundial de Circo aporta pela terceira vezem Caxambu e vai apresentar, de  terça a domingo, uma programação intensa e gratuita apresentada em vários pontos da cidade:  parque, praça, rua, escadaria, ginásio, cinema. Em cada canto, artistas brasileiros e internacionais vão armar o picadeiro para apresentações de espetáculos, intervenções, oficinas, exposição de fotos e mostra de filmes. Do Brasil, teremos atrações de São Paulo, Campinas e Curitiba. De outros países teremos artistas da Suécia, Itália, França, Espanha, Tunísia e Uruguai.

Como já virou tradição, uma grande lona com capacidade para 800 pessoas será montada em frente ao Ginásio Jorge Curi, onde  malabaristas, equilibristas, trapezistas e acrobatas vão contagiar o público - das crianças aos idosos - com muita magia, música, humor, e os deliciosos “sustos” da arte milenar do circo. Atrações divertidas com palhaços, números de mágica, música, dança, improvisação e muito humor ocuparão também outros pontos da cidade, como o Parque das Águas, Escadaria da Igreja Santa Isabel, Praça 16 de Setembro e Cine Caxambu.

O destaque desta edição é o espetáculo “Blast”, formado por artistas da Suécia, Itália, França, Brasil, Espanha e Tunísia. Representante do chamado “circo contemporâneo”, o espetáculo reúne virtuosismo e poesia, acrobacias e música, humor e uma dose de frio na barriga! E tem muito mais. Tem os espetáculos “Concerto em Ri Maior”, com a Cia. Dos Palhaços – Curitiba/PR; “Pelo Cano”, com Paola Musatti e Vera Abbud – São Paulo/SP; “O Circo do Só Eu”, com Barracão Teatro – Ésio Magalhães – Campinas/SP; “Porongo Vaudeville”, com The Pambazos Bros / Uruguai-Brasil; e “Reprise”, com Grupo La Mínima / São Paulo – SP. Tem também as intervenções “Wilson e Sarrafo em busca de novos talentos – Curitiba/PR” e “Globo da Morte”; as oficinas do “Parque do Circo – Circuito de Oficinas livres”, com idealização de Gonzalo Caraballo e Lua Tatit; a Mostra de Filmes e a Exposição de Fotos.

O Festival Mundial de Circo 2015 em Caxambu tem patrocínio da Petrobras e Codemig. O evento foi o vencedor do Edital de chamamento Público realizado pela Secretaria de Estado do Turismo, que incentiva a realização de festivais culturais no interior do Estado.

A diversão é garantida e a entrada é franca.

Serviço:
FESTIVAL MUNDIAL DE CIRCO 2015
DE 13 A 18 DE OUTUBRO – CAXAMBU - MG
Espetáculos, Oficina, Exposição, Mostra de Filmes
Locais e horários – ver programação
Entrada Franca
Outras informações: www.festivalmundialdecirco.com.br
Contato para entrevistas:
Fernanda Vidigal - Telefone: 31 3225-7521/ 9994-2925
Assessoria de Imprensa: Astronauta Comunicação
Adilson Marcelino – 31 98875-4527