Palace Hotel - Caxambu

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Jornal O TEMPO:
Acidente com prefeito ganha ares de mistério em Caxambu
De acordo com a versão dada por Jurandir após o acidente, um morador da região rural prestou socorros e o auxiliou a chegar até um hospital de Baependi, município próximo














RICARDO CORRÊA / LUCAS RAGAZZI

Quatro dias depois de ocorrido, o acidente envolvendo o prefeito de Caxambu, Jurandir Belini (PP), que capotou o carro em uma das estradas que levam até o município, ainda não foi esclarecido e começa a ganhar tons de mistério, com “ingredientes” que facilmente poderiam estar em um roteiro de cinema.

O veículo que capotou com Jurandir no último domingo ainda não foi encontrado. Patrimônio da prefeitura, não há qualquer tipo de pista que indique onde o carro se localiza. Além disso, apesar de se tratar de um acidente grave, nenhum boletim de ocorrência sobre o acontecido teria sido feito. Fontes da coluna na Polícia Civil confirmam que não há documentação sobre o caso no sistema da corporação. E, para piorar, a única testemunha do acidente, indicada pelo prefeito, tem sérios problemas de fala, sendo quase muda.

A Câmara Municipal de Caxambu chegou a abrir uma comissão especial para apurar o acidente e a utilização do veículo oficial pelo prefeito. O colegiado tem 15 dias para apresentar um relatório final, sendo que os vereadores que integram o grupo já enviaram ofícios à Polícia Rodoviária Federal (PRF), à seguradora do veículo e ao hospital que atendeu o prefeito.

De acordo com a versão dada por Jurandir após o acidente, um morador da região rural prestou socorros e o auxiliou a chegar até um hospital de Baependi, município próximo. Ele teria perdido o controle do carro e colidido em um barranco.

A versão contrasta com histórias contadas por personagens indiretamente envolvidos na história. Um funcionário do hospital afirma que Jurandir chegou à emergência acompanhado de dois amigos – ambos conhecidos na região por serem próximos do prefeito. Filmagens internas do hospital na noite do acidente também foram solicitadas pela comissão da Câmara.

O Aparte tentou falar com a direção do hospital, mas nenhum dos telefonemas foi atendido. A equipe jurídica da Prefeitura de Caxambu também não respondeu aos contatos.







Fonte: Jornal O TEMPO
http://www.otempo.com.br/cmlink/hotsites/aparte/acidente-com-prefeito-ganha-ares-de-mist%C3%A9rio-em-caxambu-1.1133237