Palace Hotel - Caxambu

domingo, 18 de outubro de 2015

FESTIVAL MUNDIAL DE CIRCO 2015 CAXAMBU - FINAL DE SEMANA

FESTIVAL MUNDIAL DE CIRCO 2015 CAXAMBU

FINAL DE SEMANA

Na programação do final de semana, espetáculos, intervenção, oficinas, exposição e mostra de filmes com entrada franca



Nesse final de semana o Festival Mundial de Circo 2015 se despede de Caxambu, mas não sem antes colorir as ruas, praças e parques com toda a magia circense em atrações para toda a família. Na Praça 16 de setembro, o público vai poder conferir o eletrizante “Globo da Morte” em dois dias, sábado às 10h30 e às 16h, e no domingo às 10h30. Tem também o“Parque do Circo”, no sábado e no domingo de 11h às 14h, com muitas oficinas circenses. Na Escadaria da Igreja Santa Isabel, no sábado às 15h, tem o divertido espetáculo “Porongo Vaudeville”, Brasil/Uruguai, - faz uma releitura dos grandes shows de variedades do começo do século, e, através da dança, da música ao vivo, da mágica, do malabarismo, e do humor, cria um vaudeville urbano, atual e popular. No Parque das Águas, no sábado às 17h, tem o espetáculo “Pelo Cano”, São Paulo/SP; e no domingo às 15h  tem “O Circo do Só Eu”, Campinas/SP. Na lona montada em frente ao Ginásio Jorge Curi, às 20h, tem a atração internacional “Blast”, do Circo Zanzibar - O espetáculo reúne artistas da Suécia, Itália, França, Brasil, Espanha e Tunísia. Representante do chamado “circo contemporâneo”, o espetáculo reúne virtuosismo e poesia, acrobacias e música, humor e uma dose de frio na barriga!

O público poderá conferir ainda no sábado e no domingo a Mostra de Filmes no Cine Caxambu, às 14h, e a Exposição de Fotos “Respeitável Público” no Calçadão.

 O Festival Mundial de Circo está de volta à bela Caxambu, cidade mineira do Circuito das Águas alçada pela terceira veza Cidade Oficial do Circo no Brasil. A programação, que é toda gratuita, é formada por espetáculos, intervenções, oficinas, exposição e cinema.

ATRAÇÕES DO DIA


Espetáculo “Porongo Vaudeville” – The Pambazos Bros
Na Escadaria da Igreja Santa Isabel, o espetáculo “Porongo Vaudeville”, com The Pambazos Bros / Uruguai-Brasil (17/10, sábado, às 15h)
Porongo Vaudeville faz uma releitura dos grandes shows de variedades do começo do século, e através da dança, da música ao vivo, da mágica, do malabarismo e do humor, cria um vaudeville urbano, atual e popular. Entre cabaret bizarro e musical hollywodiano, este espetáculo toca os grandes temas que sempre tem preocupado o homem: o significado da vida, a morte, o amor, a violência, a amizade, as contas, o medo do desconhecido. São cinquenta minutos de ridículas incongruências baseadas na arte de fazer rir. Classificação: livre - Duração: 50 minutos

Espetáculo “Pelo Cano” – Paola Nusatti e Vera Abbud
No Parque das Águas, o espetáculo “Pelo Cano”, com Paola Musatti e Vera Abbud – São Paulo/SP (17/10, sábado, às 17h)
Duas palhaças vivem pequenas situações que revelam sua forma de interagir com o mundo, em geral ridícula e catastrófica. Elas utilizam os objetos dinheiro, fita crepe, sifão de pia, e trabalham com eles de diferentes formas que escapam da sua função cotidiana e utilitária. Eles ajudam a revelar a inaptidão do palhaço com a vida, sua forma enviesada de resolver as situações e seu dom de transformar a realidade. Classificação: livre - Duração: 60min.

Espetáculo “Blast” – Circo Zanzibar
Na lona montada em frente ao Ginásio Jorge Curi, o espetáculo “Blast”, com o Circo Zanzibar (15 a 17/10, quinta, sexta e sábado, às 20h, e 18/10, domingo, às 17h).
Lotação: 800 lugares. Serão distribuídas senhas 1 hora antes de cada espetáculo. Sujeito à lotação do espaço.

Grande destaque da programação, o espetáculo traz artistas da Suécia, Itália, França, Brasil, Espanha e Tunísia. Baseado em um sonho original, “Blast” é um concerto de circo que reúne em cena 18 artistas indomáveis e virtuosos vindos de várias partes do mundo. O espetáculo é uma deflagração de circo e música em que as acrobacias ressoam como palavras que querem finalmente dizer alguma coisa. Gestos mudos, gestos chorados que ainda não acharam lugar sobre os nossos lábios.Domesticando a vertigem e o medo com ternura, “Blast” provoca momentos de graça e emoção que preenchem a alma de alegria. Seu desenvolvimento descreve cena após cena, certa ideia de anarquia. A anarquia da poesia e dos sonhos que, às vezes, fica colada nas paredes do coração, na saída de uma apresentação ou no começo de uma historia de amor.Classificação: livre - Duração: 60min. Lona armada em frente ao Ginásio Jorge Curi. Lotação: 800 lugares. Serão distribuídas senhas 1 hora antes de cada espetáculo. Sujeito à lotação do espaço.

Espetáculo “O Circo do Só Eu” – Ésio Magalhães
No Parque das Águas, o espetáculo “O Circo do Só Eu”, com Barracão Teatro – Ésio Magalhães – Campinas/SP (18/10, domingo, às 15h)
O majestoso Circo do Sol, com todas as suas atrações fenomenais, aceitou, prazerosamente, o convite para se apresentar nesta cidade, até que recebe outra proposta mais lucrativa e decide cancelar, de última hora, a apresentação do espetáculo.Zabobrim, o palhaço, vem até vocês tentar apresentar sozinho o grande show com números de equilíbrio de pratos, macacos em monociclo, hipnose, mágica, acrobacia, música e muito mais! Classificação: livre - Duração: 60 minutos

Mostra de Filmes
Até 18 de outubro sempre às 14h.
Local: Cine Caxambu.
O Festival Mundial de Circo preparou uma programação especial de filmes em que o CIRCO é o tema central.
Exposição de Fotos “Respeitável Público”
Até 18 de outubro – Uma homenagem ao público de Caxambu, região e visitantes.
Local: Calçadão.


O  “Globo da Morte”  (17/10, sábado, às 10h30 e 16h; 18/10, domingo, às 10h30). E as oficinas do “Parque do Circo” – Circuito de Oficinas livres, com idealização de Gonzalo Caraballo e Lua Tatit (17 e 18/10, sábado e domingo, de 11h às 14h) - o Parque do Circo é um circuito de brinquedos inspirado nas diferentes técnicas circenses e destinado ao desafio corporal.  Crianças, jovens e adultos podem participar e interagir com a ajuda de monitores especializados que orientam e estimulam o participante a conquistar novas habilidades corporais. No Parque do Circo estão disponíveis diversos circuitos de atividades temáticas: Malabares, Pontaria, Equilíbrio, Jogos Coletivos, Técnicas Aéreas e Acrobacias. O visitante escolhe os brinquedos pelo seu interesse criando seu próprio circuito de atividades.



Festival Mundial de Circo aporta pela terceira vezem Caxambu e vai apresentar, de  terça a domingo, uma programação intensa e gratuita apresentada em vários pontos da cidade:  parque, praça, rua, escadaria, ginásio, cinema. Em cada canto, artistas brasileiros e internacionais vão armar o picadeiro para apresentações de espetáculos, intervenções, oficinas, exposição de fotos e mostra de filmes. Do Brasil, teremos atrações de São Paulo, Campinas e Curitiba. De outros países teremos artistas da Suécia, Itália, França, Espanha, Tunísia e Uruguai.

Como já virou tradição, uma grande lona com capacidade para 800 pessoas será montada em frente ao Ginásio Jorge Curi, onde  malabaristas, equilibristas, trapezistas e acrobatas vão contagiar o público - das crianças aos idosos - com muita magia, música, humor, e os deliciosos “sustos” da arte milenar do circo. Atrações divertidas com palhaços, números de mágica, música, dança, improvisação e muito humor ocuparão também outros pontos da cidade, como o Parque das Águas, Escadaria da Igreja Santa Isabel, Praça 16 de Setembro e Cine Caxambu.

O destaque desta edição é o espetáculo “Blast”, formado por artistas da Suécia, Itália, França, Brasil, Espanha e Tunísia. Representante do chamado “circo contemporâneo”, o espetáculo reúne virtuosismo e poesia, acrobacias e música, humor e uma dose de frio na barriga! E tem muito mais. Tem os espetáculos “Concerto em Ri Maior”, com a Cia. Dos Palhaços – Curitiba/PR; “Pelo Cano”, com Paola Musatti e Vera Abbud – São Paulo/SP; “O Circo do Só Eu”, com Barracão Teatro – Ésio Magalhães – Campinas/SP; “Porongo Vaudeville”, com The Pambazos Bros / Uruguai-Brasil; e “Reprise”, com Grupo La Mínima / São Paulo – SP. Tem também as intervenções “Wilson e Sarrafo em busca de novos talentos – Curitiba/PR” e “Globo da Morte”; as oficinas do “Parque do Circo – Circuito de Oficinas livres”, com idealização de Gonzalo Caraballo e Lua Tatit; a Mostra de Filmes e a Exposição de Fotos.

O Festival Mundial de Circo 2015 em Caxambu tem patrocínio da Petrobras e Codemig. O evento foi o vencedor do Edital de chamamento Público realizado pela Secretaria de Estado do Turismo, que incentiva a realização de festivais culturais no interior do Estado.

A diversão é garantida e a entrada é franca.


Serviço:
FESTIVAL MUNDIAL DE CIRCO 2015
DE 13 A 18 DE OUTUBRO – CAXAMBU - MGEspetáculos, Oficina, Exposição, Mostra de Filmes
Locais e horários – ver programação
Entrada Franca
Outras informações: www.festivalmundialdecirco.com.br
Contato para entrevistas:
Fernanda Vidigal - Telefone: 31 3225-7521/ 9994-2925
Assessoria de Imprensa: Astronauta Comunicação
Adilson Marcelino – 31 98875-4527