Palace Hotel - Caxambu

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Deputado Arantes participa de encontro de empresários
cristãos e discute redução do ICMS do álcool

                                                                                                    Foto: Ana Karenina
Arantes e Sérgio Cavalieri - presidente da ADCE do Brasil 

O deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSDB) participou, nesta terça-feira (18/11), do almoço palestra da Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa (ADCE/MG), na sede da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), quando teve a oportunidade de discutir com os empresários presentes sobre Projeto de Lei nº 5.494/2014, que tramita na Assembleia Legislativa propondo a redução de ICMS do álcool de 19% para 14%. “Dessa forma teremos mais competitividade com outros estados, principalmente com o estado de São Paulo e, ao mesmo tempo, incentivaremos o consumo de um combustível sustentável”, argumentou Arantes.

                                                                           Foto: Ricardo Gandra
Arantes com o presidente da Fiemg Olávo Machado Junior e outro empresários


Durante o evento, o deputado conversou com o presidente da ACDE do Brasil, Sérgio Cavalieri, e foi enfático ao defender o PL 5.494 como meio de aumentar a competitividade do nosso Estado. “Uma comparação rápida nos mostra a desvantagem de Minas. Em São Paulo, o ICMS do álcool é 12%; no Paraná, 18%; na Bahia, 19% e em Goiás, onde o ICMS é 22%, o governo dá benefícios fiscais que fazem o ICMS chegar a 7%. Uma concorrência desleal. Estou atento à tramitação desse projeto na ALMG e sei da importância dele para os empresários. Penso que terá uma repercussão positiva no desenvolvimento econômico e social de Minas”, defendeu Antônio Carlos. O deputado também conversou com o presidente da ADCE/MG, Sérgio Frade, o presidente da FIEMG, Olavo Machado Júnior, e vários empresários de diversos setores.
A palestra “Sustentabilidade, responsabilidade empresarial e desenvolvimento social – uma relação de convergência” ficou por conta do presidente da Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas), Roberto Fagundes. Com sabedoria, o presidente apresentou exemplos bem sucedidos de empresas e instituições que desenvolvem ações de sustentabilidade comprometidas com a preservação de bens naturais como a água.

Ana Karenina Berutti